Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de julho de 2012

Como corrigir fissuras provenientes de "dilatação térmica".


Pela manhã você observa fissuras nas paredes do seu apartamento, se assusta e chama um profissional para ver o que esta acontecendo.
    Quando o profissional chega para verificar á tarde, as fissuras sumiram. E não há como encontrá-las.
     Provavelmente essas fissuras originam-se devido á dilatação térmica – retração (frio) e expansão (calor).
    Em edifícios de alvenaria estrutural é comum nos aptos do último andar aparecerem esse tipo de fissuras. Esse fato ocorre porque a última laje trabalha muito. Por isso o recomendado é a utilização de junta de dilatação na última laje.
   Se você tem este tipo de problema, pode utilizar um método  de recuperação, de tal forma que o revestimento tenha capacidade de absorver ou acomodar a movimentação dessas fissuras.
    Vou descrever abaixo o procedimento proposto pelo Engenheiro Luiz Sérgio Franco, que é Diretor da Arco e professor da Poli-USP.

1º - Retirar o revestimento de uma faixa de pelo menos 20 cm de largura ao longo do comprimento da fissura, até ultrapassar 25 cm em cada ponta;
2º - Limpar a faixa com uma escova e depois pano seco, para retirar todos os resíduos e poeira;
3º - Aplicar fia adesiva com 05 cm de largura e impermeável sobre toda a fissura;
4º - Aplicar uma demão de cola PVA diluída em água com um pincel (traço 1:1 em volume);
5º - Preparar a argamassa de prevenção nas seguintes proporções:
01kg de cola PVA
3 kg de massa corrida
No máximo 1 litro de água.
6º - Aplicar a argamassa de prevenção com o lado liso de uma espátula de aço com uma espessura de 1 a 2 mm;
7º - Cortar manta de poliéster  em tiras de 14 cm de largura;
8º - Mergulhar a manta sobre a faixa, de cima para baixo, com um transpasse mínimo de 05 cm de emendas – Se a fissura for no canto, a manta deve ser dobrada acompanhando o canto;
9º -  Sobre a manta aplicar uma mistura de cola PVA e massa corrida na proporção 1:2,5 em volume (cola:massa);
10º - Promover acabamento com desempenadeira de aço;
11º - Esperar secar e lixar com lia de ferro número 100;
12º - Aplicar a cola com massa, esperar secar e lixar até a superfície ficar pronta para pintura.

    Este procedimento é exclusivamente para fissuras originadas pela dilatação térmica em pequena escala.
  O ideal é procurar orientação técnica de um Engenheiro Civil, ou um Profissional de Patologias em Construção Civil para verificar exatamente o seu caso.
Postar um comentário